segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Quanto mais patrimônio uma pessoa acumula antes de namorar e casar, melhor é?

Algumas pessoas não aceitam casar se não estiverem com um patrimônio considerável, pois não querem depender de outra pessoa pra acumularem alguma coisa. Caso contrário, ficam solteiras pra sempre.

A maior parte dos casamentos saem com comunhão parcial de bens e muitos casais ainda financiam um imóvel juntos, durante o casamento.

Além do imóvel, quem casa cedo e sobra dinheiro, automaticamente a poupança de investimentos é de 50% cada um no caso de comunhão parcial.

Separação total de bens é bem mais complicado, difícil achar quem aceite um regime desses.

 Talvez uma pessoa que ganhe muito por mês concorde com esse regime, fulano tem 20 imóveis comprados antes de casar, mas a renda deles é 20 mil mensais, então essa renda na comunhão parcial é divida numa eventual separação. Mesma coisa com dividendos de ações, fiis. 




Agora, se a pessoa tem 20 terrenos que não geram renda nenhuma, até casa com comunhão parcial, pode vender os terrenos durante o casamento, entrar o dinheiro na conta, separar e não dividir nada.

Vejo alguns amigos mais desconfiados que falam que comprar terrenos é a melhor proteção contra casamento. Nunca vão dividir nada deles. Se comprar ações, fiis, o cônjuge pode exigir a divisão dos dividendos recebidos no período do casamento. E ai vai ser um rolo com preço médio, vão acabar vendendo cotas e papéis etc...

Se antes de casar a pessoa tinha 1 milhão na poupança, é possível na comunhão parcial receber metade dos juros recebidos durante o casamento na separação.

Antes de casar, ninguém sabe quem vai poupar mais, quem vai gastar mais na prática. Casando com comunhão parcial, poupanças separadas nem faria sentido.

Por isso é meio difícil um poupador casando-se com um gastador, pois ele não vai aceitar ter dívidas no casamento e tendo que cobrir essas dívidas com patrimônio.

Abraço.

8 comentários:

  1. A melhor solução para esse tipo de situação é o peão desenvolver a independência emocional .

    A mídia está abarrotada de histórias de caras que se ferraram feio nos relacionamentos por carecerem da independência emocional , e esse é um dos maiores erros de homens que focam demais em obter a independência financeira e negligenciarem o emocional.

    Negligenciar o desenvolvimento emocional é o mesmo que brincar de roleta russa convidando a morte a jantar contigo , por isso que vemos na mídia relatos de crimes passionais violentos , caras perdendo tudo ao serem corneados e divorciados de maneira humilhante , e tudo isso porque eles não prestaram atenção no desenvolvimento emocional .

    https://espiritosapucay.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Se nao quiser dividir, escolhe o regime de bens ou esconde tudo em bitcoin
    Terreno só fica escondido se for posse
    Na boa, dinheiro é uma parte importante da vida, mas vale menos que uma boa familia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Scant, quer esconder dinheiro no meu saco?

      Excluir
  3. Um problema sério é o seguinte:
    Um poupou e trabalhou durante anos para acumular patrimônio e ascender economicamente. O outro viveu uma vida desregrada e não pensou no amanhã. No fim o poupador acaba sendo uma "carta mágica" para o gastador se salvar. O ideal é não depender emocionalmente como o colega citou acima e também buscar sim uma/um parceira/parceiro que seja economicamente compatível.

    ResponderExcluir
  4. Separação total também é uma boa quando um dos conjuges quer empreender, e caso der problemas na empresa o patrimônio do outro conjuge fica blindado.

    ResponderExcluir
  5. Existem duas coisas que no meu ponto de vista destroem a relação:

    1. Traição
    2. Fracasso na gestão das finanças e patrimônio

    Se faltar um dos dois é difícil um casamento parar em pé.

    O problema do pessoal que poupa dinheiro e investe é que por natureza somos mais "introvertidos" o que querendo ou não pode limitar nossas interações amorosas para um patamar abaixo da média, o que leva direto para o medo da solidão emocional e nos deixa cegos para os defeitos e incompatibilidades de um companheiro(a). Anos depois paga-se o preço.

    Abraços,
    Pi

    ResponderExcluir
  6. Master, já diz o ditado "O casamento começa com meu bem, e termina com meus bens".
    Para quem tem mentalidade empreendedora/financeira, o melhor caminho é um acordo pré-nupcial, junto com um testamento bem amarrado. Ainda assim, podem surgir problemas.

    Sucesso,

    Abraço

    ResponderExcluir
  7. TESTEMUNHO SOBRE COMO RECEBI MEU EMPRÉSTIMO DE UMA EMPRESA DE FINANÇAS NA SEMANA DA ÚLTIMA SEMANA E-mail para resposta imediata: drbenjaminfinance@gmail.com

    {Dr.Benjamin Scarlet Owen} também pode ajudá-lo com uma oferta de empréstimo legítima. Ele também ajudou alguns outros colegas meus. Se você precisa de um empréstimo genuíno sem custo / estresse, ele é o credor certo para eliminar seus problemas financeiros e crises hoje. BENJAMIN LOAN FINANCE contém todas as informações sobre como obter dinheiro de forma rápida e sem dor via WhatsApp +19292227023 Email drbenjaminfinance@gmail.com

    ResponderExcluir